Por que ‘capeta’ se tornou demônio?

capeta“Capa” mais o sufixo “eta” significa, literalmente, pequena capa. É o mesmo caso de caneta (pequeno cano), saleta (pequena sala). As primeiras representações do diabo, geralmente um animal com rabo e chifres, como o bode, eram cobertas com uma pequena capa. Por tabu religioso e superstição, o povo evitava pronunciar a palavra demônio, com receio de atrair o mal.

Em vista disso, passou a empregar outras denominações, como bode preto, cão. A própria capeta assumiu o papel de diabo. Trata-se de uma figura de linguagem chamada metonímia, em que a parte substitui o todo. Dessa forma, a pequena capa que encobria as figuras que simbolizavam o demônio ocupou o lugar do diabo. Nascia, assim, o terrível capeta.

Deixe um comentário