Páscoa, uma passagem.

NOT-cristaos-e-judeus-celebram-a-pascoa-e-a-pessach-na-terra-santa1333719840

Do hebraico “pessach”, nome da festa anual que os pastores hebreus faziam, quando ainda viviam nômades, para comemorar a chegada da primavera. Mais tarde, quando Moisés libertou os hebreus da escravidão do Egito, com a milagrosa travessia do Mar Vermelho, a palavra assumiu o sentido de passagem, de libertação. Os cristãos, por simbologia, adotaram o mesmo nome para marcar a passagem da morte para a vida, ou seja, para a celebração da ressurreição de Jesus Cristo, após o terceiro dia de sua morte. Segundo os historiadores, a morte de Jesus aconteceu no mesmo período em que os hebreus celebravam a festa anual da sua Páscoa.

Deixe um comentário